Declarações em defesa do Haiti

“Talvez o cônsul do Haiti no Brasil tenha se expressado no sentido de chamar a atenção para o lugar, que é muito pobre. Falar de religião é complicado. É preciso ter capacidade contemporânea para compreender a religião no seu contexto cultural, no seu conteúdo espiritual – a palavra, o verbo, o que se aprende… Por outro lado, quando o conceito da religião é a dor, o sofrimento, o pecado, aí é um atraso. E isto independe da religião, pois todas pregam essa idéia”.

Gilberto Gil, cantor

 

A Associação Cultural Bloco Carnavalesco Ilê Aiyê repudia as declarações estapafúrdias do cônsul geral do Haiti no Brasil, George Samuel Antoine. Para nós, do Ilê Aiyê, são declarações como esta que aumenta consideravelmente o preconceito racial e religioso existente no Brasil e no mundo, e fazem com que a intolerância e a perseguição às religiões de matriz africana continuem até os dias atuais. Todos sabem que se há alguma maldição com os africanos e seus descendentes, ela se chama “o homem branco europeu” que por séculos colonizou e explorou esse povo guerreiro e batalhador. As religiões de matriz africana não merecem esse tipo de declaração. Esperamos que a retratação desse senhor não fique apenas naquele pedido de desculpas totalmente descabido.

Antonio Carlos dos Santos Vovô, presidente do Ilê Aiyê

 

“Considero a declaração do cônsul geral do Haiti, George Samuel Antoine, sem fundamentos, porque o candomblé também é de Deus e tudo que acontece é dádiva dele. O terremoto também é uma dádiva divina e quem somos nós para julgar? Deus é quem determina”.

Aguinaldo Silva, presidente do Filhos de Gandhy

 

Moção de Repúdio

A Fundação Cultural Palmares, vinculada ao Ministério da Cultura, repudia veementemente as declarações do cônsul geral do Haiti no Brasil, George Samuel Antoine, no último dia 14. Segundo ele, o terremoto que devastou a capital daquele país, Porto Príncipe, foi bom porque trouxe visibilidade ao país. “A desgraça de lá está sendo boa para nós aqui”. E atribuiu a culpa do terremoto à religião ao dizer que “de tanto mexer com macumba o povo africano chama para si a maldição”.

“Esta é uma declaração racista, discriminatória e preconceituosa contra os africanos e contra as religiões de matriz africana”, esclarece o presidente da Fundação, Zulu Araújo.

Segundo Zulu, qualquer mal entendido nesse sentido prejudica todo o trabalho que é desenvolvido contra o preconceito e a intolerância religiosa. “É um grande prejuízo para a população como um todo, não só para os afrodescendentes. Este discurso é um retrocesso e vai na direção contrária ao trabalho desenvolvido por instituições como a Palmares”.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos das Nações Unidas ressalta no seu artigo 18 que “todo ser humano tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião, e que este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, em público ou em particular”.

Zulu Araujo

Fonte: Palmares

Anúncios

2 comentários sobre “Declarações em defesa do Haiti

  1. Ruy Crisostomo Barbosa: DIZ , Quando e enquanto nós estivermos de maneira primaria e infantil dando resposta ao idiota como este, nós não iremos a lugar nem um: 11 de setembro, guerra das Malvinas, guerra do Iraque, e o que acontesse no mundo de hojé, as enchentes do Rio no Brasil, isso é coisa da religião Africa ?

    Este alienado cônsul da maior mafia da mizeria do planeta terra onde vive da desgraça humana a sartifazer os enteresses Europeus deve ser recebido no Brasil com uma chuva de ovo gouro.

    Está é a posição, fiquem sabendo que o HAITI é um dos paises mais ricos do continente africano só extrairem a riqueza que tem lá, é iqual ao brasil nós somos o 4 ou 5º pais mais ricos em minerais deste planeta e assim é o Haiti.

    Cônsul saia da geladeira e seja homem para dar ao seu povo o que eles merecem que é: Dignidade.

    Gil religião não se descute, se aplica fanatismo é doença se interna, colocar os valores de religiões na frente de colocações idiotas é mesmo que aceitar ofensa de bebado! O que ele não tem coragem de dizer san, diz bebado , porque se receber uma boa sofa todos vão dizer não faça isso não, ele esta bebado…! E assim eles vão semeando o mal em detrimento de suas riquesas veja o que diz os evagelicos de Edil Macedo:

    Não se prendão a bens materiais ! Ja viu os bens de EDIL MACEDO.

    Não temos de critica-los e sim de espusa-los nas suas visitas idiotas com declarações que ferem os nossos costumes e principios ( a coisa é seria) não é politica.
    Ruy crisostomo Barbosa,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s