Dia da Consciência Negra tem programação variada

Diversas atividades marcam o Dia da Consciência Negra na capital baiana

A marcha vai até o Pelourinho e segue com o tema Copa de 2014 e a Negritude Brasileira: Reparação Já. O Centro Municipal de Arte, Cultura e Educação Epifânia Silva, no IAPI, realiza, até quinta-feira, o projeto Educação Não Tem Cor. A programação conta com brincadeiras, exposição de fotos, apresentação de dança afro, vídeos, culinária africana, discussão das leis antirracismo, interpretação de música e palestra sobre anemia falciforme, doença com grande incidência em negros.

Mesmo com aulas suspensas, escolas municipais rendem homenagens ao dia. A Escola Maria Quitéria inicia atividades às 9h30 e a Novo Marotinho tem apresentações a partir das 19h. 

Ilha – Escolas de lha de Maré realizam a Caminhada da Consciência Negra, a partir das 9h. Na Escola Municipal de Pau Miúdo, o projeto Identidade e Ancestralidade conta com dança afro, desfile do casal Beleza Negra e discussão da Lei Maria da Penha.

O Movimento de Cultura Popular do Subúrbio promove o cortejo Obás e Oyó: Reis e Rainhas da Terra Fortalecendo a Liberdade, com saída às 8h, em São João do Cabrito (Rua do Gelo), até o Parque São Bartolomeu. A Unijorge realiza, às 14h, uma oficina sobre culinária afro-baiana, com a chef Elíbia Portela, no laboratório de gastronomia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s