Cultura Banto nas Ruas de Prado

Festejo do Tambor Mineiro celebra o congado de Minas Gerais

No dia 21 de agosto, das 10h às 20h, o Festejo do Tambor Mineiro chega em cortejo às ruas do Prado, região Oeste de Belo Horizonte. Trata-se de um dos mais longevos projetos de cultura banto-mineira e afro-mineira da capital e, ao reunir guardas de congado/reinado vindas de diferentes partes da cidade e do interior, integra o ciclo anual do Rosário de Belo Horizonte e de Minas Gerais. Também fazem parte da programação apresentações e cortejos de grupos percussivos, feira de artesanato e shows com artistas referência da cultura afro. A entrada é gratuita e pede-se doações de 1kg de alimentos não-perecíveis que serão destinadas aos festejos das irmandades do Rosário. A concentração se dá em frente a Associação Cultural Tambor Mineiro (Rua Ituiutaba, 339).

 

Nesta edição, estão confirmadas 12 guardas de congado/reinado, entre elas a Irmandade Os Carolinos, fundada em 1917 e a a terceira mais antiga da cidade ainda em atividade, a Guarda de Moçambique Treze de Maio de Nossa Senhora do Rosário, fundada em 1944, e Massambique Nossa Senhora do Rosário e Nossa Senhora da Mêrces, fundada em 1964. Entre as atrações artísticas, ao todo 15, Flávio Renegado, Sérgio Pererê, Maurício Tizumba e o grupo argentino No Chilla. Já a feira de artesanato contará com barraca de penteado afro, de livros, de objetos, de roupas e de acessórios. “O Festejo faz parte das celebrações reinadeiras/congadeiras e ainda mostra para o público a influência banto em diversos outros aspectos da cultura mineira e brasileira. Os bantos fizeram parte do processo civilizatório brasileiro e isso precisa ser reconhecido. Além disso, é uma festa na rua e estar na rua hoje é reivindicar o direito à cidade”, diz Tizumba, idealizador do projeto.

 

O Festejo do Tambor Mineiro conta com patrocínio do Instituto Unimed-BH.

 

FÉ E TRADIÇÃO, #AquiTemFestejo

O Reinado, popularmente conhecido como Congado, se constituí a partir do mito da retirada de Nossa Senhora do Rosário do mar pelos negros escravizados e é a mais tradicional manifestação da cultura banto que floresceu em Minas Gerais. Em Belo Horizonte, presente antes mesmo da capital chegar, nas fazendas escravagistas que conformavam o antigo Curral Del Rey, a tradição migrou também junto com a mão-de-obra vinda do interior para construir a nova capital. Atualmente, ao longo de todo o ano, as irmandades do Rosário – com suas guardas de moçambique e congo, e ternos de caboclo, vilão e catopé –, realizam seus festejos nas bordas da cidade, recriando nas ruas o mito fundador e louvando Nossa Senhora do Rosário, os demais santos do panteão congadeiro, os antepassados e os reinos negros em uma resistência cultural que atravessa os séculos. Os festejos e as visitas mútuas constituem o ciclo anual do Rosário.

28492084191_c157779635_m

Desde 2002, o Festejo do Tambor Mineiro, idealizado pelo cantor, compositor, multiinstrumentista e capitão de congado, Mauricio Tizumba, faz parte dessas celebrações e contribui para valorizar e difundir a cultura banto-mineira tanto em sua manifestação tradicional quanto nas influências que exerce na música e nas artes de uma forma geral. Nesta edição, o Festejo realiza nas redes sociais a campanha #aquitemFestejo que, por meio de textos, fotos, mapas e vídeos, pretende mostrar para o público que essas festas estão por toda a cidade.

 

 

Instituto Unimed-BH

Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH foi criado em 2003 com a missão de conduzir o programa de Responsabilidade Social Cooperativista da Unimed-BH. Os projetos desenvolvidos têm na saúde sua área prioritária, mas mantêm interface com outros campos por meio de cinco linhas de ação: Comunidade, Meio ambiente, Voluntariado, Adoção de espaços públicos e Cultura. Em 2015, as iniciativas beneficiaram mais de 1,4 milhão de pessoas diretamente e indiretamente.

 

Serviço:

Festejo do Tambor Mineiro 2016

 

21 de agosto, domingo, das 10h às 20h

Rua Ituiutaba, nº 399, Prado, Belo Horizonte – MG

Na entrada, 1 kg de alimento não perecível

 

Todas as atividades do Festejo 21016 podem ser acompanhadas pela página do projeto no Facebook http://www.facebook.com/festejotambormineiro e pelo site www.festejo.art.br
fotos de divulgação: http://bit.ly/2aMbYdc

_ASSESSORIA DE IMPRENSA

Canal C Comunicação e Cultura

Jessica Soares / jessica@canalc.art.br / 31 99776 2847

Júlia Moysés /  julia@canalc.art.br / 31 99791 2776

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s